JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
ptenites

Turismo Sustentável em Pirenópolis

(10-10-2009)

Por: Cerena Mesquita
Ecocentro IPECO Turismo em Pirenópolis é hoje a segunda maior fonte de renda do município, a maior parte da população trabalha diretamente ou indiretamente com essa atividade.

O termo sustentabilidade vem ganhando força a cada dia no meio turístico, pois esse seria o modelo perfeito para desenvolver turismo, porém para que haja realmente sustentabilidade é necessário que o atrativo use de seus próprios recursos disponíveis, gerando emprego e renda para os moradores locais.

Em Pirenópolis temos alguns bons exemplos de atrativos que trabalham com foco no turismo sustentável, um deles é a fazenda Vagafogo, uma das seis primeiras RPPNs (Reserva Particular do Patrimônio Natural) do Estado de Goiás, a Fazenda Vagafogo mescla preservação da natureza, educação ambiental, aproveitamento eFazenda Vaga Fogo beneficiamento de produtos de frutos do cerrado, produtos de agricultura orgânica, gastronomia, lazer, esporte de aventura, paz e qualidade de vida.

Outro exemplo de sustentabilidade é o Ecocentro IPEC – Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado - que é uma organização estabelecida em Pirenópolis, para desenvolver oportunidades de educação e referências em sustentabilidade para o Brasil.

O Ecocentro IPEC mantém um centro em que desenvolve soluções práticas para os problemas atuais da população, incluindo estratégias de habitação ecológica, saneamento responsável, energia renovável, segurança alimentar, cuidado com a água e processos de educação de forma vivenciada.

A missão do Ecocentro IPEC é estabelecer soluções apropriadas, demonstrando a viabilidade de uma cultura sustentável, oportunizando experiências educativas e disseminando modelos. Graças ao esforço voluntário de muitos jovens, o Ecocentro é hoje uma referência internacional em sustentabilidade.

Pousada ArvoredoNo segmento temos, também, o exemplo da Pousada Arvoredo, que funciona a partir de conceitos e práticas que valorizam o conforto, segurança e privacidade de seus clientes, ao mesmo tempo em que preserva o meio ambiente e os aspectos sócio-culturais da comunidade local.

Foi realizado na área, um reflorestamento de árvores nativas do cerrado como compensação ambiental pela madeira utilizada na construção, seus funcionários e prestadores de serviço são da região de Pirenópolis, pois a Pousada busca a valorização da mão de obra e a cultura local.