JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
ptenites

Dezenas de Apagões em Pirenópolis

(15-12-2013)

Dezenas de Apagões em Pirenópolis

Por Edson Paranhos
Vinte de Janeiro Corrente

A Noticia abaixo se refere ao dia 20 de janeiro do corrente ano, e mais um ano se vai e os problemas de falta de energia persistem sistematicamente.

Isso não acontece somente na época das chuvas como é o discurso dos responsáveis pela CELG (Centrais Elétricas de Goiás), mas tem acontecido dezenas e mais dezenas de vezes durante o ano que agora finda.

Como se não bastasse, além do descaso total ainda existe um crescimento populacional e consequentemente de novas obras, como casas, pequenas indústrias, novos comércios, novas pousadas, enfim nada mudou mas tudo foi de mal a pior.

Neste final de semana (14/12/2013) os apagões foram muitos, e quando não são, cai uma das fases de energia e todo e qualquer aparelho que continue ligado pode queimar. Isso tem acontecido em larga escala.

Para recuperar os danos o consumidor deve pedir um laudo técnico do problema que causou a queima e se for constatado que foi por queda de energia e/ou queda de uma das fases, basta encaminhar pedido de ressarcimento para a Celg local.

A demora, como era de se esperar é grande, mas caso as Centrais Eletricas se neguem a ressarcir, os contribuintes devem entrar no Juizado de Pequenas Causas ou Procon e reivindicar seus direitos, os quais com certeza serão considerados.

Veja abaixo notícia no Portal Pirenópolis e a reportagem no Jornal do Meio Dia da Tv Anhanguera de janeiro de 2013


Mais um Apagão em Pirenópolis

Por: Edson Paranhos
Em Menos de Um Mês Dois Grandes Apagões

Mais uma vez a histórica Pirenópolis em pleno sábado (19) à noite em alta temporada de turismo ficou no “apagão” que durou quase 24 horas.

O descaso é realmente inadimissivel, principalmente quando o responsável pelas Centrais Eletricas de Goiás, diz em alto e bom tom pós “apagão”, acontecido pela última vez no natal, que o problema tinha sido definitivamente solucionado.

Acontece que quase todas as datas mais significativas das temporadas de turismo em Pirenópolis, e também em finais de semanas, sempre acontecem os conhecidos “apagões”.

O Secretário Municipal de Turismo Sergio Rady disse ao reporter da TV Anhanguera termos 34 Kilowatts disponíveis para a região onde seria necessário um mínimo de 69 Kilowatts.

Já houveram protestos defronte a Prefeitura registrado pelo Jornal do Meio Dia da Globo (Goiás) onde moradores e comerciantes reclamaram veementemente do descaso e da falta de competência de dita empresa.
Veja reportagem.

Turistas hospedados em diversas pousadas arrumando seus pertences para voltar para casa, comerciantes contabilizando seus prejuizos, restaurantes desovando produtos perecíveis que estragaram dentre muitos outros transtornos causados à população local pela Celg, considerada extremamente mal administrada.

A população já não aguenta mais!