JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
ptenites

Babilônia a Fazenda Colonial

(15-04-2014) 

Enviada por Edson Paranhos
Visitantes Vêm de Todos os Lados do Mundo

Uma fazenda com mais de 200 anos a 20 Km de Pirenópolis que foi edificada por escravos e faz parte obrigatória do circuito histórico da cidade. Os proprietários possuem um acervo que virou atração turística para visitantes de varios estados do Brasil e também para estrangeiros de diversos países.

O local tem mais de 1200 hectares e é a mais antiga do Estado de Goiás, sendo que foi tombada a mais de 50 anos como Patrimônio Histórico Nacional.

Adquirida na segunda metade do século XVIII foi parte do caminho dos bandeirantes rumo ao centro do país, que vieram em busca de ouro e pedras preciosas, mas a fazenda se tornou grande produtora de algodão e cana-de-açúcar, sendo a mais desenvolvida do seu tempo.

Hoje a principal fonte de renda vem do gado de corte e a outra atividade considerada de extrema importância pela proprietária é o turismo rural.

Muitos turístas vêm em busca de conhecimento da história local e da boa e antiga gastronomia da região. Telma ensina a preparar a matula de galinha e o bolo da senzala, duas receitas típicas da cozinha colonial goiana.

MATULA DE GALINHA

Ingredientes
1 galinha caipira (ave velha de preferência)
100 gramas de farinha de milho
50 gramas de banha de porco
1 colher de sopa de alho amassado
1 colher de chá de açafrão da terra, também conhecido como cúrcuma
Pimenta de cheiro e sal a gosto
Palha de milho para embalar

Modo de preparo
Corte a galinha em pedaços. Retire as vísceras e ossos. Leve as partes de carne para um moedor. Passe a farinha de milho em uma peneira para ficar bem fininha. Em uma gamela, misture a carne moída com os outros ingredientes. Misture bem a massa e faça bolinhos. Embale e amarre os bolinhos na palha de milho, que deve passar por uma boa fervura. As matulas prontas são colocadas em uma assadeira e levadas ao forno, onde ficarão por cerca 20 minutos. A receita rende cerca de 40 ou 50 matulinhas.

BOLO DA SENZALA

Ingredientes
1 litro de garapa de cana
½ quilo de fubá de canjica
2 xícaras de farinha de trigo
½ xícara de açúcar
1 colher de sopa de fermento
1 copo de leite
100 gramas de manteiga
cravo e canela em pau
algumas folhas de bananeira

Modo de preparo
Despeje a garapa em uma panela no fogo baixo. Depois, coloque a manteiga, o açúcar, o leite, a canela em pau quebrada em pedaços menores e um pouco de cravo. Quando o líquido começar a ferver, acrescente a farinha de trigo e o fubá de canjica.

Coloque a massa em uma tábua. Acrescente o fermento e sove bem por uns 10 minutos. Faça pequenos bolinhos com a massa e embale cada um na folha de bananeira. Leve as trouxinhas ao forno por 20 minutos.

No passado colonial, a mesa farta das fazendas tinha também o objetivo de estimular a conversa com os visitantes, que muitas vezes vinham de longe.

# Para conhecer e agendar um passeio basta clicar no link abaixo.

Fazenda Babilônia e Tour Gastronômico