JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
ptenites
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 630

Empresários de Pirenópolis participam da caravana do conhecimento

Mas, apesar desta representatividade, o trade turístico local, composto por 52 segmentos em toda a sua cadeia produtiva, ainda está ‘aprendendo’ a trabalhar com o produto turístico. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae em Goiás), em mais uma ação de desenvolvimento para a região, realiza a partir de amanhã 23/11, a Caravana do Conhecimento, com o objetivo de levar 18 empresários e 6 gestores públicos de Pirenópolis para conhecer, de perto, casos de sucesso de roteiros turísticos de Minas Gerais, através de visitas às cidades de Ouro Preto, Mariana, São João Del Rei, Tiradentes e Prado.

O projeto contempla a organização de viagens técnicas para a observação, sob o ponto de vista estratégico e operacional, de destinos reconhecidos nacionalmente pela excelência nos segmentos de ecoturismo, aventura, hotelaria, políticas públicas, cultura e artesanato, visando o aprimoramento dos serviços, a qualidade e a competitividade dos produtos turísticos. A caravana do conhecimento foi inspirado no projeto nacional de Excelência em Turismo – Aprendendo com as melhores experiências internacionais, uma parceria entre Ministério do Turismo por meio da Embratur, Sebrae e Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa), só que numa visão do âmbito nacional.

Os participantes terão a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos com empresários mineiros que são referência em ações como ‘Projeto Ouro Preto é Legal’, Programa da Petrobrás de incentivo a cultura, ‘Projeto Jovens de Ouro’ , além de informações sobre organização e curiosidades do Festival de Inverno, convênio para seguro contra incêndios nas cidades e postura de iniciativas privadas em relação ao turismo.

Trabalho cooperado
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae Goiás, 51% dos empreendimentos do setor estão atuando há menos de 5 anos no mercado e a cidade recebe, em média, 1.600 turistas, por dia. A pesquisa, intitulada Marco Zero, é parte integrante do projeto Desenvolvimento do Turismo no Município de Pirenópolis, uma das 14 ações selecionadas pelo Sebrae em Goiás para compor a Gestão Estratégica Orientada para Resultados (Geor).
Para o empreendedor Rodrigo Oliveira Lopes, da Drena Ecoturismo & Aventura, pioneira como operadora de turismo receptivo em Pirenópolis, os empresários estão conhecendo uma nova forma de trabalhar, cooperando um com o outro e buscando soluções coletivas. Para ele, o turismo funciona em rede e por isso merece ser compreendido como um conjunto de ações. O seu empreendimento, que envolve 14 colaboradores e atende, em média, 200 clientes por mês.