JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
ptenites
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 630

A arte como visão da outra margem

 

30/10/2008

O Centro Cultural Ramila da Conceição - CCRC, promove entre crianças na faixa de 2 a 15 anos do seu entorno, atividades artíticas e culturais, despertando seu potencial criativo.

O CCRC teve inicio em 2004, numa casa localizada na esquina do Beco do Fuzil com a Travessa Pireneus, através de leitura voluntária de livros infantis para crianças da vizinhança. O trabalho evoluiu para a criação da biblioteca infantil comunitária, que já tem mais de 500 volumes. Hoje o Centro conta com instalação própria, onde são exercidas as atividades de recreação.

O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento humano com oferta de atividades complementares à escola formal nas áreas de educação, cultura, saúde, meio-ambiente, capacitação e geração de renda.

O projeto é pautado por valores humanos como amor, ética, solidariedade, fraternidade, esperança, alegria, auto-estima, exponteniedade, não violência e respeito a natureza.

As atividades do CCRC são desenvolvidas por voluntários que acolhem objetos e valores do projeto.

Esta mostra é resultado do trabalho dos últimos dois anos, sob orientação de Claudimar Pereira, artista plástico pirenopolino consagrado, que tem estimulado a criação espontânea das crianças. A idéia é que cada um deles encontre sua originalidade, por um caminho interior, que nada mais é do que a expressão de sua própria verdade. "Não há busca, nem procura, mas encontro, como se tudo já estivesse dentro de nós" (Roberto Magalhães).

A mostra retrospectiva apresentada aqui está dividida em temas, de acordo com a livre produção das crianças. Podemos ver a representação do meio em que vivem, de suas famílias e da realidade local.

Há uma evidente convergência de temas, o que é natural, dentro do estágio de desenvolvimento de sua liberdade criadora e também pela pintura de seu mestre condutor, Claudimar Pereira.

Em Pirenópolis, quem não é estrela é artista, como definiu um historiador da cidade. O rico folclore local estimula, nos meninos, a transmissão, ao mundo, os valores de sua identidade cultural, como as artes do Divino, a Festa , seus símbolos e personagens.

1º Mostra Retrospectiva de Trabalho Artísticos tem abertura dia 1/11 às 15 horas e vai até o dia 9/11. Curadoria: Claudimar Pereira, Fotografia: Marcia Joppert e Sylvia Novaes, Apoio: Secretária Municipal de Cultura e Turismo. Realização: CCRC