JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
Portuguese English Italian Spanish

Qwert e João Caetano roubam cena

23/09/2006

Começou com a Banda Qwert, no Cine Pireneus. Com repertório no estilo pop-rock, o grupo foi uma das surpresas da noite. Seu balanço sonoro lembrou as velhas bandas dos anos 1970 e 1980, com a reedição de antigos sucessos com novíssima roupagem de arranjos. Músicas como No Woman no Cry (Vincent Ford/ versão Gilberto Gil) e Luar do Sertão (Catulo da Paixão Cearense) foram a poética musical que estendeu um contagiante fio condutor de alegria da banda com o público.

Outro que roubou a cena foi o cantor João Caetano, acompanhado de uma super banda. O show revelou um artista em seu apogeu, um canto maduro, forte, que repassa as coisas da terra, sua gente, as histórias, enfim, as coisas do sertão brasileiro. Isso ficou evidenciado, por exemplo, nas canções Retratos do Brasil, Ajutório e Fronteiras, de autoria de Caetano e parceiros.

No Teatro de Pirenópolis, Cláudia Vieira chamou as atenções com seu jeito descontraído de cantar. “Mergulhada” em um canto intimista e, ao mesmo tempo ligada na platéia, a artista fez molequices vocais, combinando dança, gestos, com um resultado que acabou agradando.

O Grupo Chorare se apresentou no Palco do Rosário, onde também exibiu sua música o cantor Gilberto Correia.

No Palco do Rio o predomínio foi do canto sertanejo. Primeiro com a dupla Ronny e Max, depois com Di Paulo e Paulino, em torno de quem havia grande expectativa.

Shows da sexta

Oito shows são esperados para esta sexta-feira, 22 de setembro. No Palco do Rosário estarão se apresentando Moni-K e a Banda Pedra 70, a partir das 17 horas. Às 20 horas, cantarão, no Cine Pireneus, Tom Chris e Gustavo Veiga. Maria Eugênia se apresentará no Teatro de Pirenópolis, às 21 horas. Outras três atrações terão lugar no Palco do Rio: a Banda TNYFBB, a Banda Olho de Peixe e o cantor Nando Reis.

Pirenópolis em telas

As artes plásticas marcam presença nesta sétima edição do Canto da Primavera. Chama a atenção, no hall do Cine Pireneus, o conjunto de fotografias de Arnaldo Lobato. São registros diversos do cotidiano da cidade, e boa parte deles remete a edições anteriores do Canto da Primavera. Há, por exemplo, artistas como Letícia Sabatela, Geraldo Azevedo e Zé Ramalho, em meio a personagens locais.

Fonte: Agepel